O Carnaval em outros países do mundo

Não é só o Brasil que comemora o carnaval, outros países do mundo também festejam a data, cada um a seu jeito.

Baco, o Deus do Vinho

As origens mais remotas das comemorações de carnaval são obscuras, mas acredita-se que tenha surgido em festividades primitivas de tipo religioso, em honra ao ressurgimento da natureza com a volta da primavera. É possível associá-lo também às festas de caráter orgíaco, como as bacanais, celebrações à Baco, deus do vinho, na Grécia antiga, ou as saturnais, festas em honra à Saturno, Deus da agricultura, na Roma antiga.

Na Idade Média, há referências às comemorações na França, com vinho e sexo. Na Itália, como é o caso de Nápoles, os cortejos costumavam levar um enorme falo pelas ruas da cidade, e, em outros países da Europa, as festas eram embaladas por canções que ironizavam os costumes e os governantes. Batalhas de água, ovos e outras substâncias de odor forte também ajudavam a diversão. Pelas características pagãs do Carnaval, as relações entre as autoridades da Igreja e os carnavalescos nem sempre foram cordiais. O que prevaleceu, porém, foi uma relação de tolerância, por parte da Igreja, em relação à festa popular.

Carnaval de Veneza

Atualmente, um carnaval muito famoso é o da cidade de Veneza, na Itália, cujo elemento mais importante são as máscaras. Tal tradição surgiu a partir do século XVII, onde a nobreza se disfarçava para sair e se misturar com o povo. Lá o carnaval é em fevereiro, ou seja, no inverno, e dura 10 dias.

Na Alemanha o carnaval também acontece no inverno, mas em novembro. As fantasias têm que ser confeccionadas de forma a aquecerem os foliões. Já algumas semanas antes do Carnaval, não se deve mais estranhar encontrar palhaços, bruxas, piratas, árabes, romanos, diabos e vacas bípedes perambulando pelas ruas. Um disfarce tradicional é o de mascarado. Podem expressar rostos alegres ou tristes. As festas se concentram mais nas regiões mais católicas, como o sul do país e o Vale do Rio Reno.

O carnaval dos EUA também existe. Nova Orleans, em Louisiana, se destaca pelo Mardi Gras, que significa “Terça-feira gorda” e teve origem em 1857. Durante o período, dezenas de agremiações desfilam pelas ruas da cidade, as pessoas saem de casa fantasiadas e os bares ficam abertos 24 horas por dia. Em meio a uma mistura de estilos musicais, essencialmente de origem negra, as bandas de jazz sobressaem.

Até mesmo no Japão há carnaval. Ele acontece no mês de agosto e é caracterizado por desfiles de escolas de samba. Legal, né?

8 opiniões sobre “O Carnaval em outros países do mundo”

    1. Com certeza! Até porque eu é que não vou para esses países da Europa curtir o carnaval em pleno inverno!!

Deixe um comentário